Share it

domingo, 13 de maio de 2012

Quando Veja matou Cazuza diante da própria mãe




Completaram-se 23 anos desde que Veja zombou de Cazuza e abreviou sua morte. Mal disfarçando o intento comercial por trás do anúncio antecipado da morte de um ídolo popular, a revista foi além e o expôs como um boneco de pano pronto a ser estraçalhado em expiação às transgressões que a juventude ousa com frequência lançar contra os guardiões da ordem e da boa moral.

Entre a reportagem denegritória e a morte passou-se pouco mais de um ano. Tomaram os desabafos de um homem fragilizado pela demência cerebral que acomete os infetados pela AIDS nos estágios mais avançados da doença como confissões pecaminosas de quem haveria de confrontar-se em fim com os próprios erros.

Ao invés de oferecer ao cantor o espelho que refletisse a ordem doente de que Veja era parte com seu apoio a Collor – como depois reclamara em canção outra vítima da AIDS, Renato Russo – estamparam o retrato do castigo, para que por meio da culpa outros não ousassem apontar as piscinas cheias de ratos dos que lucram com o desespero humano.

O ídolo de uma geração que festejava com rock o fim de um tempo de opressão foi apresentado aos fãs como um ser autodestrutivo, viciado desde criança, promíscuo e de talento duvidoso. Um insano que na hora da morte impunha sua esfinge esquálida aos funcionários da gravadora, cantando noite e dia suas últimas canções a eles que temiam sua morte nas dependências do estúdio.

Na vida privada Cazuza foi apresentado por Veja como um corpo que resistia a morrer, carregado que era de um lado para o outro no colo de um empregado abnegado, a um só tempo guarda-costas e enfermeiro, pelo que insinuava uma agonia em completo abandono.

Tampouco da mãe do enfermo Veja teve comiseração. E mostrou-a como uma mulher consumida pelo pesar de sentir-se responsável pela sorte do próprio filho, a quem não soube dar os ensinamentos de que uma criança precisaria ainda antes da adolescência.

Na bílis negra vertida por aquela reportagem de 26 de abril de 1989 nem mesmo a memória que viria ser legada à posteridade pela curta carreira do jovem agonizante mereceu guarita. Com um último golpe decisivo de impiedade, os repórteres de Veja compararam a obra de Cazuza com a de Noel Rosa, morto ainda mais jovem que ele aos 23 anos de idade, dizendo que enquanto a obra deste houvera se revelada imortal, a daquele tenderia a desaparecer com o cantor.

Mas como a vida sempre frustra a arrogância e a presunção  daqueles que podem brandir a arma das próprias versões, Cazuza está aí vivo até hoje nas vozes de outros jovens, tão transgressores quanto ele, que nas ruas e nas praças repetem o refrão que cabe à perfeição à Veja: “suas ideias não correspondem aos fatos. O tempo não para, não para não!”.
E ao contrário das agressões feitas por Veja 23 anos antes, neste dia das mães fica aqui a homenagem a Dona Lucinha, de cujo amor materno brotou essa jóia da cultura popular: o brasileirinho querido Agenor de Araujo, o Cazuza.







42 comentários:

  1. com piscinas cheias de ratos, outros bichos e bicheiros, algumas famiglias insistem em nos convencer de suas ideias... aquelas, que nao correspondem aos fatos.
    "Vamos pedir piedade
    Senhor, piedade
    Pra essa gente careta e covarde
    Vamos pedir piedade
    Senhor, piedade
    Lhes dê grandeza e um pouco de coragem"
    blues da piedade, do cazuza
    feliz dia das maes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cazuza era um pessimo exemplo para juventude;drogado homossexual e filhinho de papai da zona sul foi tarde.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Homossexualismo não é mal exemplo algum, e realmente, ele era "ladrão, bixa, maconheiro", mas se você não o admira, basta não dar atenção e não julgar sem saber o que realmente se passava na vida dele, pois todos adoram julgar, mas a realidade, apenas ele mesmo sabia.

      Excluir
  2. Cazuza e nenhum outro artista vive para dar "exemplos" ,isso cabe aos pais,cabe a quem põe gente no mundo sem, na verdade, poder criar nem cachorro viralata.
    Acho sim,indigna essa atitude de pegar qqer pessoa doente,acidentada etc e usar como capa de revista pra vender aos sádicos.
    Capa de revista deve ser coisa que atraia sem ferir a honra,dignidade ou moral de alguém.
    Qto à educação que a mãe/pai dele deram a ele isso é discutível,pq nem sempre os filhos correspondem aos fatos.
    Feliz Dia das Mães e feliz todos os outros dias para D.Lucinha Araújo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem são vocês julgarem um ser humano, assim como ele cada um de vocês não passam de pecadores imbecis, Cazuza pode ter ido tarde como uns e outros dizem, mas garanto que a importancia e sucesso que ele fez nesse Brasil, nenhum de vocês seriam capazes de fazer, vão trabalhar e ganhar a porcaria do salário que vocês são capazes, ou melhor, tentem ganhar um terço do salário que ele ganhava, kkk Impossível.... fica meu desabafo.

      Excluir
    2. Concordo plenamente, cazuza teve sim algumas vantagens para atingir seu sucesso, mas isso não faz dele melhor ou pior, além do mais, cantor ruim some com o tempo, mas a música de Cazuza o tornou imortal.

      Excluir
  3. Só tenho a dizer, só consigo dizer: dona veja está com os dias contados, já está sentindo o sabor e o cheiro da lama que se formou na cova que ela mesma, a dona veja, cavou.
    Só falta cavar mais, pois o buraco é mais embaixo, e enterrar.

    ResponderExcluir
  4. Se bem me lembro, o mau gosto da matéria rendeu o pedido de demissão da jornalista responsável na semana seguinte. Agora, este post pode ser considerado bem tendencioso: "Quando Veja matou Cazuza diante da própria mãe". Quer fazer parecer que ele não morreu em consequência da doença, mas foi vitimado pela matéria?
    Se o autor deste blog quisesse ser esclarecedor em vez de ser o portador da verdade, escanearia a matéria (a qual tem mais de 20 anos, poucos se lembram de como era) e a postaria, para que as pessoas a vissem e decidissem com seus próprios olhos, em vez de ficarem restritos ao filtro opinativo do autor do post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assino em baixo. E mais, artista como Cazuza, Cássia Eller e todos os outros, não vieram ao mundo para dar exemplo.

      Excluir
    2. Artista nenhum veio ao mundo "dar exemplo". Exemplos devem ser dados dentro de casa. Do artista, cabe-nos apreciar (ou não) sua obra, mas isso já é uma questão pessoal. Veja, desde há 20 anos atrás já queria se fazer o arauto da nossa sociedade. Conseguiu: é o arauto da banda podre dela.

      Excluir
  5. cazuza era um otimo artista. mas era um viado drogado e como tudo que não presta vira heroi no brasil estas horas deve estar no inferno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Cazuza foi sim um herói, foi um herói por viver de uma forma que quase ninguém consegue, por ter levado uma vida intensa em todos os aspectos, diferente da maioria das pessoas que já nasceram com a vida planejada e que cumprem à risca todos seus compromissos. Pessoas levam uma vida medíocre e acreditam que o correto é viver assim. Cazuza morreu aos 35 com mais experiencias que uma massa com 80.

      Excluir
    2. Poxa, como você é vingativo. Desejar que outra pessoa esteja no inferno. Mas te pergunto, que inferno? Aquele local de fogo que a teologia católica criou para assustar os crentes e dominar as mentes por séculos? Ah, então fico mais tranquilo, porque Cazuza, com todas as suas falhas, humanas, era muito mais generoso e digno que você e suas crenças podres.

      Excluir
    3. Meu filho vou te dizer de uma maneira bem educada: O inferno é só um lugar em que as pessoas que acreditam no Jesus inventaram para quererem colocar medo em pessoas que fazem coisas erradas bem ao contrário do Cazuza. E outra coisa o que o Cazuza fez de errado para vcs quererem julga-lo? Ele era um grande poeta, bom, vc nem deve fazer nem uma frase que rime, e nem deve saber o que é poesia pois para julgar um poeta! E ele era rico meu bem coisa que vc nem sonha em ser né? Bjs, pois eu sei que vc está me odiando!

      Excluir
  6. Esse autor fala desta maneira porque é fã.fã não consegue ver os erros do artista nem quando este é o cazuza,um filinho de papai mimado,traficante(acreditem ele trouxe drogas da inglaterra para vender aqui),drogado,promiscuo,homossexual e aidetico...e além do mas nem escaneou a materia para tirarmos A NOSSA CONCLUSÃO,mais pelo o que me parece o que a veja queria mostrar é uma pessoa que esta pagando pelos seus erros como qualquer um paga e voce fala como se a veja é quem tivesse o matado,a culpa dele estar morto não é da veja,não é sua muito menos minha que sou mulher(ele não gosta) nem de ninguém,a mãe dele é uma retardada que minou esse garoto a maior culpada e ela,desde quando ser certo é errado?é essa glamourização do errado,da homossexualidade,é essa glamourização erronea de tudo que temos hoje em dia que faz pessoas bobas verem as coisas como este autor,mais como Deus é justo e sempre foi e ele faz pessoas como ele pagar pelos seus pecados nem que seje da pior forma possivel...o que posso dizer eu só Lamento!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau,Anônimo,quanto preconceito e odio vc carrega dentro de vc.Como vc consegue viver com isso? Julgar,condenar pessoas pelas escolhas que ela fez ou não,isso sim,é lamentavel.Digno de pessoas de carater sujo e duvidoso. Com certeza,Deus é justo,e não vingativo,como vc pinta.Ele ama todos e todas sem limite e sem distinção.O que a pessoa humana homofobica,preconceituosa que é vc,é incapaz de fazê-lo. Não julgaras!Esqueceu? E viva Cazuza,que através de suas musicas soube dar exemplo aos jovens,denunciando e criticando esta sociedade fétida,da qual vc faz parte. O Poeta esta vivo!

      Excluir
    2. realmente a 1 colega e muito preconceituosa,e gosta de julgar e condenar as pessoas,mas o cazuza não e um exemplo gente,começando pela causa da morte dele neh,morreu de aids,era traficante,e viciado e a culpa foi dos pais dele que ate hoje não enxergaram o erro com o filho dele,idolatram ele ate hoje como um deus sendo que ele não valia nada,mas era um exelente musico,compositor,otimo artista quanto a isso ninguem tem o q falar..

      Excluir
    3. Parem de culpar os pais dele, Cazuza tomou suas próprias escolhas, seus pais apenas permitiram que ele fosse livre pra isso, e eles são tão culpados por isso? Culpados por permitir que seu filho tivesse livre arbítrio? Além do mais, Cazuza errou, mas quem não erra? Existem milhares de traficantes, mas porque Cazuza era mais culpado do que todos os outros? A maioria dos grandes e ídolos da música também são viciados, mas Cazuza é pior por usar drogas mais explicitamente? O que faz os pecados de Cazuza ser maiores do que os dos outros?

      Excluir
    4. Quanta gente vingativa e julgadora. "morreu de aids", como se isso fosse um castigo para aqueles que "pecaram", ignorantes. Durante muitos séculos as pessoas que pegavam lepra também foram consideradas impuras e castigadas, foram segregadas e morriam à míngua. Como nós humanos conseguimos ser tão miseráveis? Cazuza foi um ser humano como tantos outros e um artista formidável. Valeu Poeta!

      Excluir
  7. Os comentários estão carregados de preconceito, sem dúvida. Não podemos tomar a vida inteira de Cazuza ou de qualquer outra pessoa por inteiro como exemplo. Até Ghandi cometeu seus erros. O que devemos tomar como exemplo é seu trabalho como artista, compositor. Não pela sua relação com as drogas. aliás, a maioria dos musicos da decada de 70 usavam drogas. Com relação à sua homossexualidade, poxa já estamos no seculo XXI e ainda não conseguimos respeitar a escolha pessoal de outrem, ainda que nos pareça estranha? Absurdo como pessoas que parecem religiosas, sim porque usam o nome de Deus, e ainda assim, estão carregadas de ódio e intolerancia. Cazuza é exemplo pelo seu talento, por isso ele é admirado, assim como Cassia Eller. Quanto à revista veja, expor qualquer um daquela maneira é um ultrage, um desrespeito,e claro houve apenas oportunismo impiedoso. Para os juizes de plantão, torçam para não receberem o mesmo julgamento.

    ResponderExcluir
  8. infelizmente Cazuza morreu em conseguencias de seus atos,ele levou uma vida louca e desregrada,issoé fato!!!...nesta terra colhemos oque plantamos,essa e a lei da semeadura ele plantou loucuras e colheu insanidade,tudo tem um preço, e lamentávelmente o preço de suas loucuras foi a morte,que ele sirva de exemplo pra essa geração, vc pode sim fazer oque quer vai vai arcar por isso,deixando claro que eu o admiro muito por seu talento.isso é indiscutivel!!!!

    ResponderExcluir
  9. Na minha opinião,cada um escolhe a vida que quer levar,cazuza aptou pelo caminho mais curto,e cabe DEUS,julga-lo,como evangelico que sou, não cabe a mim julgar.......a BILBLIA diz não julgues para não ser julgado, e que tenha misericordia de seu espirito.....é isso ai.

    ResponderExcluir
  10. poxa vida ele era dimais pena que não pude ver nem show dele á que não sou da epoca mais ate hoje se ele estivesse vivo o show dele seraia um dos mais caros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, quem me dera ter a oportunidade de ir em um de seus shows :(

      Excluir
  11. adoro as muzicas do cazuza e axo que nao devemos julgar ninguem so deus pode fazer isso.

    ResponderExcluir
  12. Cada um sabe a verdade de si, o que faz por bem, mesmo que alguém enxergue como sendo ruim. Viva Cazuza, mais do que um líder ou um exemplo, ele representa poesia, dom este que não é adquirido ou comprado... ele representa superação, vontade esta que não dá para ser indagada... ele representa tantos valores que não podem ser mensurados, entretanto admirados ! Foi tão rápido, mas será para sempre ! Ricardo Raio para Cazuza onde estiver.

    ResponderExcluir
  13. A Veja disso. Liberdade de imprensa para julgar, condenar e denegrir para vender

    ResponderExcluir
  14. BOM COMENTÁRIO DO "ANÔNIMO DE 18/01/13, 21:48".

    AS PESSOAS TÊM LIBERDADE DE ESCOLHA. QUEM DECIDE VIVER COMO UM "PORRA-LOUCA", PAGA O PREÇO DEPOIS. A REVISTA VEJA FOI CAPITALISTA E CRUEL, MAS NÃO MATOU O CAZUZA. CAZUZA ESCOLHEU O CAMINHO QUE O LEVOU à MORTE.

    ResponderExcluir
  15. Lamento pelo Cazuza, eu adoro demais as musicas dele, sei que ele não era um exemplo de pessoa, muito pelo contrário (Eu tenho um irmão que ja foi bagunceiro e puto como Cazuza foi, mas hoje melhorou e é casado e te uma filhinha) e sei como é ruim esse tipo de vida porque presenciei meu irmão nela. Mas enfim, também tem o lado bom das coisas, achei maravilhosa a criação da Sociedade Viva Cazuza!
    Outra coisa que admiro no Cazuza era a coragem que ele tinha. Gente, assumir q é gay hoje já é complicado Imagina nos anos 80?? Assumir que tem Aids então . . . O cara tem q ser muito macho mesmo pra ter uma coragem dessa!
    Se Cazuza foi pro Céu ou pro inferno isso eu só vou saber quando eu partir desse mundo cruel e nojento, mas não cabe a mim ficar julgando, mas sim tirar os exemplos bons dele e jogar os ruins fora. E outra: Ser gay é pecado, mas pecado todos temos não podemos julgar. Eu acho mais facil um gay (que nao tenha uma vida vadia) ir pro Céu do que esses seres nojentos que pagam de religiosos e usam a biblia e o Santo Nome de Deus pra colocar mais preconceito nesse mundo nojento em que vivemos. Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é que ser gay é pecado? Você disse que não cabe a você ficar julgando, mas julga de qualquer forma. Meio hipócrita, não acha? O homossexualismo é tão normal e natural quanto o heterossexualismo. Qual a diferença? São apenas pessoas que querem viver com quem amam; Amar é pecado agora? D:

      Excluir
  16. Engraçado que dizem que Cazuza é um mau exemplo, mas esqueçem dos politicos que todos colocam para governar nosso país. O povo já está tão acostumado a ser roubado que fica cuidando da vida de quem não tem nada haver com a sua. Cazuza era um grande poeta que revolucionou o rock brasileiro,até Caetano Veloso admitiu que ele era um dos maiores poetas da sua geração, portanto preconceituosos cuidem das suas vidas e fiscalizem aqueles que realmente precisam, olhem mais para Brasilia é lá que estão os maiores maus exemplos do nosso país!

    ResponderExcluir
  17. adorava o cazuza e gosto das musicas dele ate hoje e deixo um recado para vcs que estao falando mal dele cuide da sua vida e deixem a vida dos outros porque para ele ter feito o que vez teria o seu motivo e ninguem estava no pensamento dele para falar alguma coisa entao va para o inferno vcs

    ResponderExcluir
  18. Quero deixar aqui um recado,.. Cazuza foi um bom homem, todos nós temos defeitos. As pessoas estao julgando ele, mais quem nunca errou que atire a primeira pedra,... Ser gay nao he um defeito,muitas pessoas julgam por isso, mais hé muito facil julgar os outros e nao olhar para seu proprio UMBIGO.. Enquanto ele ter HIV, isso prova mais ainda mais que ele hé lutador, guerreiro, um vencedor.. Pois cazuza lutou para sobreviver. Pessoal, parem de jugar porque ele hé gay, ou pq ele tinha HIV.. Vamos começar a cuidar de nossas vidas... Cazuza, te amo..

    ResponderExcluir
  19. Não sei quem Cazuza foi, só sei o que leio e escuto sobre ele. Mas me arrisco a dizer que ele foi o Cazuza, assim como eu sou eu. Não interessa com quem ele mantinha relações sexuais, tem gente que quer mandar nos fundos alheios. Assim como não interessa se ele morreu de HIV ou eletrocutado, todo mundo vai ter uma causa pra morrer. Enfim Cazuza foi Cazuza e essa reportagem da Veja foi de um incrivel mal gosto, sensacionalista, puramente comercial, assim como tantas outras ja veiculadas pela mesma revista.

    ResponderExcluir
  20. Ele veio ao mundo, drogado ou não , gay ou não, mas deixou seu recado.
    Adoro as letras do Cazuza, mesmo 23 anos depois, as letras são atuais, isso mostra que em nosso País nada mudou.
    Se ele fosse '' filhinho de papai '' , ele teria ficado na Som Livre, não teria se exposto para mandar o recado dele.
    Fuma quem quer, cheira quem quer, é gay quem quer...
    Quem são vocês para julgar?
    Termino com uma frase do Cazuza...QUE PAÍS É ESSE?

    ResponderExcluir
  21. O SALÁRIO DO PECADO É A MORTE! LEIAM A BÍBLIA.

    ResponderExcluir
  22. Gente!!! Ignora os idiotas !! Viva cazuza e acabou!! A obra dele existe é real, e o caminho q ele escolheu é problema dele! só agradecemos por ele ter passado e deixado suas músicas , seus poemas... Afinal até hoje pode ser usado p descrever essa sociedade hipócrita e suja . Onde a maioria vive no pecado, no roubo , na promiscuidade e finge ser um anjo q caiu do céu! ...suas idéias não correspondem aos fatos..

    ResponderExcluir
  23. Todo mundo tem a ver com a vida de quem é público. Portanto, criticar é normal. A reportagem pegou pesado e pronto. Precisamos construir uma democracia em que possamos falar o que quisermos. Essa que está aí não passa de um conjunto de ditaduras que só defendem o que é politicamente correto. Sempre achei o Cazuza um sujeito depravado e inconsequente. E nunca vi nele genialidade alguma. Meu gênero é outro. Quando ele estava definhando, tive pena. Que destino!!
    Agora, fala sério, ser contra bons costumes, ser contra a ética e a moral e defender a transgressão maluca, soltando o roscoff a torto e a direito só para protestar, tô fora, mermão, tô fora!

    ResponderExcluir
  24. li a reportagem da veja e achei que voce estava totalmente equivocado nas suas colocações. o seu post sim foi altamente tendencioso, malvado e incoerente. a veja mostrou os fatos como eram, colheu relatos e entrevistou o cazuza perguntando o que todos queriam saber mas ninguem tinha coragem de perguntar. foi uma excelente reportagem de capa, muitíssimo bem escrita.

    ResponderExcluir
  25. Lambem o cu antes de falar mal do Cazuza. Hipócritas de merda, renegados, oprimidos!!!

    ResponderExcluir